cobrasil-nosso-processo.jpg

O Processo é dividido em
três estágios fundamentais

Primeiro Processo:

Primeiro Processo:

Corresponde à transformação da pele bruta em pele curtida ou wet blue;

Segundo processo:

Segundo processo:

Transforma a pele curtida em pele Crust (semi acabada);

Terceiros processo:

Terceiros processo:

Consiste em levar a pele de Crust a acabado.

Pele Crua

22%

Quando a cabra ou o carneiro são abatidos, a pele é retirada (esfola) com ajuda de uma faca e com a força do punho. A pele é salgada e armazenada. O sal age como bactericida, evitando que a pele apodreça. O abate acontece nas fazendas, no interior. A pele é levada para as feiras nas cidades onde os atravessadores as comprarão para, depois revendê-las aos curtumes.

Já no curtume, a primeira operação consiste em aparar patas, rabo, pescoço e ubres ou escroto. Assim, evita-se colocar em processo essas partes que não tem utilidade e além disso poderiam causar nós no girar dos fulões. Nesse setor as peles são também separadas por tamanho para formar lotes uniformes.

FASE 1, Ribeira

35%

Caleiro: processo de depilação da pele.

Descarne: retirada do restante de gordura e carnaça remanescente na parte interna da pele.

Curtimento: feito em fulões, as peles são processadas com produtos químicos (especialmente cromo). Após essa etapa. As peles encontram-se em wet blue, estágio onde já é possível armazenar em estoque e vender para outros curtumes.

WETBLUE

50%

Local onde as peles são armazenadas.

Vindas da Fase 1, são separadas em grupos conforme o tamanho, espessura e classificação (defeitos).

Os defeitos mais frequentes são: cicatrizes de arame farpado, curados e abertas, cicatrizes e riscos produzidos por vegetação rasteira, fermentação (devido a falta de sal ou tempo excessivo entre a esfola do animal que afetam a pele, picadas de inseto etc.

FASE 2, Tinturas

75%

Rebaixe: a espessura é igualizada em toda a pele, pois naturalmente é irregular

Recurtimento: nesta etapa, definem-se as características, tais como maciez, elasticidade, enchimento.

Tingimento: o fulão gira e faz com que o corante penetre na pele conferindo cor aos couros.

Engraxe: esta etapa influi na resistência à tração e à impermeabilidade, maciez, toque e elasticidade do couro. A gordura natural é retirada do couro e substituída por sintética.

Enxuga: os couros são submetidos à operação de estiramento e enxugamento, visando a abrir e a alisar o couro, eliminando o excesso de água. Toda operação visa à máxima abertura da pele, pois, ao final, será vendida por superfície.

Pré-acabamento: o couro é secado e depois mecanizado para adquirir maciez e lisura.

FASE 3, Acabados

100%

Acabamento: o acabamento constitui a ultima etapa do processamento. Ate aqui, havia sido trabalhada a parte interna da pele. Agora, dirige-se a atenção para a superfície.

São aplicadas composições de produtos sobre o couro por meio de pistolas, cortinas ou rolos impregnados. A principal finalidade do acabamento é a de melhorar o aspecto e servir, ao mesmo tempo, como proteção para o couro. Com isso, consegue-se intensificar e homogeneizar a cor, fixando-a e aumentando o brilho.

Expedição: depois de prontas, as peles são revisadas para conferir cor, classificação, características do artigo etc.

Uma vez passado o controle de qualidade, elas são medidas e embaladas a logística é feita por frete aéreo, rodoviário ou marítimo.

Curtume Cobrasil

© 1987 Curtume Cobrasil. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por: TDA Informática